Florença Itália | Dicas De Turismo Para a Sua Viagem

Mesmo que você visite “Florença” várias vezes ainda não vai ver tudo. Fique na ponte sobre o rio Arno várias vezes, em dias diferentes, e a luz, clima e vista mudam sempre.


=> Conheça a cidade de Assis, veja as atrações turísticas e qual a melhor época para viajar

=> Encontre promoções de vôos para vários destinos nacionais e internacionais

Apesar de ser surpreendentemente pequena, esta cidade ribeirinha é como nenhuma outra. Berço do Renascimento e destino de massas de turistas que se reúnem ali para deleitar-se com arte de classe mundial, “Florença” (Firenze) é magnética, romântica e muito movimentada.

Seu tecido urbano pouco mudou desde a Renascença, as ruas estreitas evocam mil contos, e sua comida e vinho são tão maravilhosos que a marca “Fiorentina” tornou-se um rótulo internacional de garantia de qualidade.

Designers de moda desfilam na Via de’ Tornabuoni. Gucci nasceu lá, assim como Roberto Cavalli, que, assim como muitos florentinos inteligentes da atualidade, gosta de ficar nas montanhas repletas de vinícolas nos arredores de Florença. Depois de um tempo nesta cidade absorvente, você provavelmente irá querer fazer o mesmo.

Cidade capital da região Toscana da Itália, Florença é internacionalmente estimada por sua alta concentração de arte e arquitetura renascentista.

Por ter servido como um rico e importante centro de comércio, a cidade deu origem ao movimento renascentista italiano.

Simulando um enorme museu de arte ao ar livre, ela atrai milhões de turistas todos os anos. Uma visão geral das principais atrações turísticas de “Florença segue abaixo”.

Mercato Nuovo De “Florença”:

O Mercato Nuovo (novo mercado) é um mercado coberto localizado no centro histórico de “Florença”. É assim chamado para distingui-lo do antigo mercado (Mercato Vecchio), localizado na área da Piazza della Repubblica.

Inicialmente ele foi construído para a venda de seda e artigos de luxo e, em seguida, para chapéus de palha famosos, mas hoje, principalmente, concentra-se em produtos de couro e lembranças.

Sua maior atração é a Fontana del Porcellino (Fonte do Leitão). Esfregar o nariz do animal garante ao visitante sua volta a “Florença”. O original do século XVI pode ser encontrado no Palazzo Pitti.

Palazzo Pitti:

O Palazzo Pitti é um grande palácio do século XV, situado na margem sul mais tranquila do rio Arno.

O palácio foi longa residência dos governantes de “Florença” até 1919, quando foi entregue ao Estado italiano, que o transformou em um complexo de museus.

Apesar de sua metamorfose de residência real para um edifício público estatal, o Palazzo, situado no seu local elevado com vista para “Florença”, ainda mantém o ar e atmosfera de um lugar privado em uma casa grande.

Piazzale Michelangelo:

A Piazzale Michelangelo é uma grande praça, em parte para pedestres, localizada do outro lado do rio Arno, a partir do centro de “Florença”. Da praça, os visitantes têm uma vista magnífica da cidade.

A praça espaçosa foi estabelecida em 1860 por Giuseppe Poggi, um arquiteto local que também é conhecido por sua criação de avenidas ao redor do centro de “Florença”.

Jardins de Boboli:

Localizados atrás do Palazzo Pitti, os Jardins de Boboli foram criados pela família Médici, no século XVI. O jardim belo e variado é o lar de um grande número de estátuas e fontes.

Os jardins passaram por várias fases de trabalho de alargamento e reestruturação. Eles foram ampliados no século XVII à sua presente extensão e formam um museu ao ar livre de esculturas, que inclui antiguidades romanas, bem como obras posteriores.

Basílica de San Lorenzo:

Situada no centro do principal distrito do mercado da cidade, a Basílica de San Lorenzo é uma das mais antigas igrejas de “Florença” e foi o lugar do enterro de todos os principais membros da família Médici.

A igreja, originalmente concebida por Filippo Brunelleschi no século XV, é um dos primeiros exemplos da arquitetura renascentista eclesiástica.

A fachada desta igreja nunca foi concluída, dando-lhe uma aparência impressionante, rústica. Dentro da igreja encontra-se o esplendor da renascença neoclássica pura.

Palazzo Vecchio:

Um dos edifícios mais importantes de “Florença” é o Palazzo Vecchio, um grande palácio com vista para a Piazza della Signoria.

Construído no século XII, o Palazzo Vecchio abrigou a poderosa família Médici, bem como o órgão supremo de “Florença”, por seis séculos. Desde 1872, ele serviu em parte como um museu e como a Câmara Municipal da cidade.

Este impressionante palácio embala uma riqueza de artefatos e obras de arte que incluem belos afrescos, esculturas, tetos pintados, entalhes e tapeçarias que retratam vários eventos históricos e bíblicos.

Florença-pontos-turísticos

Piazza della Signoria:

Servindo ao longo dos séculos como um importante centro para a política e local de vários episódios históricos, a Piazza della Signoria é uma bela praça centrada entre algumas das principais atrações de “Florença”.

É aqui que os turistas podem visitar lugares notáveis como o Palazzo Vecchio, o Museu Uffizi, o Palazzo Uguccioni, a Loggia de Lanzi e a Ponte Vecchio nas proximidades. Essa praça é também um tesouro de esculturas notáveis, como a Estátua de David de Michelangelo, a Fonte de Netuno, Hércules e Caco, bem como Perseu com a cabeça da Medusa.

CLIQUE AQUI e confira tudo sobre SIENA uma Cidade Arrebatadora e Misteriosa!

=> Encontre passagens aéreas em ofertas para vários destinos

Florença Itália | Dicas De Turismo Para a Sua Viagem
5 (100%) 1 voto[s]

Adicione um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *