Milão | Melhores Dicas De Viagens e Turismo

Milão, Capital da região da Lombardia, na Itália é uma província mundialmente conhecida como “capital da moda e do design”.


=> Conheça a Irlanda – Uma boa dica para sua viagem

=> Encontre as melhores ofertas de passagens aéreas aqui

Moderna, cosmopolita, cultural e um dos principais centros comerciais e financeiros italianos, a cidade de Milão é a segunda maior do país, em termos de população e com uma área urbana de 4.300.000 habitantes, segundo a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

Os dois principais aeroportos que dão acesso à cidade são o Malpensa, o mais importante e que recebe voos internacionais, e o Milano Linate, mais voltado para voos domésticos e europeus.

O primeiro está a 48 km distante do centro de Milão, mas há possibilidade de deslocamento a partir do sistema de transporte público.

Além do táxi, há opções de trem (Trenord/ Malpensa Express), que parte do terminal 1 e vai até as estações Milano Cadorna ou Milano Centrale; e ônibus executivo (STIE Autostradale e Air Pullman) que liga o aeroporto à estação Milano Centrale.

Para aqueles que já estão no continente europeu e chegam pelo Linate, o acesso ao centro é mais rápido, pois a distância é de 7 km.

A opção de traslado pode ser feita por ônibus urbano (ATM Bus – linhas 75 e X73), que dura aproximadamente de 25 minutos. Essa empresa também faz o serviço de ônibus executivo para a estação Milano Centrale.

A capital da Lombardia é dividida em nove zonas. O centro histórico, onde ficam os principais pontos turísticos e atrações, fica na zona 1. É nessa região que fica, por exemplo, o Duomo, que é um dos cartões postais de Milão.

Próximo, está também o shopping Center mais antigo do mundo, a Galeria Victorio Emanuele. Esta zona é uma das melhores localizadas, mas também uma das mais cara para se hospedar.

Afinal, quem não gostaria de acordar e ter como vista o deslumbrante Duomo? De arquitetura gótica, o Duomo é a segunda maior catedral da Europa.

É aberta a visitações gratuitas, diariamente das 7 da manhã às 18h45. Importante lembrar que, por ser uma igreja, recomenda-se uma roupa mais comportada. Evitar shorts ou vestimentas decotadas.

Na zona 2 está o Milano Centrale. Para se hospedar, está a região mais barata que a primeira, porém não é mais bonita.

Mas a vantagem é estar próxima do centro histórico e ter a estação central de trens. Para quem vem de outras cidades italianas ou de outros países europeus, talvez, seja uma opção prática e barata. Porém não é a zona mais turística da cidade.

Para aqueles turistas que adoram compras, marcas famosas e outlets, na zona 3 é a da região de Porta Venezia, que já foi um de portões de entrada durante a Idade Média.

Entre as atrações dessa zona, estão jardins, Museu de História Natural, Planetário, restaurantes, bares e boates.

Na zona 4 está a estação Porta Romana de metrô, mas esta região é mais residencial.

Também é uma opção não tão distante do Duomo (a três estações) e mais barata que o centro histórico (zona 1). Há também a Navigli, uma região conhecida pelos canais, que lembram Amsterdam, e projetados por Leonardo Da Vinci.

A estação de metrô dessa área é a Porta Genova, que fica a oito estações da Milano Centrale ou a seis paradas e uma troca/baldeação para se chegar ao Duomo. O ponto alto de Navigli é sua vida noturna.

Atrações imperdíveis em Milão

Além do Duomo e da Galeria Victorio Emanuele, há outros pontos turísticos incríveis em Milão. Dentre eles, estão a Basílica Santa Maria de la Grazie, onde está a obra “A última ceia”, de Da Vinci.

Como é de se esperar, para conseguir aproveitar essa atração, é preciso se agendar. Pois há muita procura e também por que a visitação permite apenas 25 pessoas por vez, em grupos que saem a cada 15 minutos.

Podem-se conseguir as entradas três meses antes da data da visitação e custam três euros, pelo site Ticket Italy. Se não for possível, obter os ingressos pelo site, outra forma é o atendimento por telefone, apenas em inglês.

Outro ponto turístico muito visitado em Milão é o Castelo Sforzesco. Construído no século 14, posteriormente foi destruído e depois reconstruído e ampliado, já recebeu visitantes ilustres como Da Vinci.

Atualmente, possui 14 museus, com temas como artes, antiguidades, história, móveis, entre outros. Um dos mais conhecidos é o Museu de Arte Antiga, onde há obras de Da Vinci e Michelangelo. Para conhecer os museus, há opção de um ticket integrado que custa três euros.

Milão 4-1

Milão é uma cidade grande, cosmopolita, moderna e agitada, com importantes eventos como Semana da Moda, há também várias feiras de moda, móveis, design. Ou seja, existem muitas atrações, passeios e pontos turísticos para se conhecer.

A cidade pode ser visitada a qualquer época, pois há opções de atividades para se fazer em qualquer estação do ano.

Não se esqueça que, para entrar em território europeu, é necessário passaporte válido de no mínimo três meses da data do retorno e ter assistência viagem com cobertura de no mínimo 30 mil euros.

Resumo dos Principais pontos turísticos de milão

A Galeria Vitorino Emanuele II

 

Milo 2-2

Essa galeria é Formada pelo cruzamento de 2 vias em ângulo reto, formando um octágono na parte central coberto por uma cúpula de ferro.

O Duomo, considerado como a principal atração turística de Milão. A catedral catedral possui uma beleza e magnitude indescritível.

Milo-catedral

 

 

O Castelo Sforzesco um símbolos importante onde são abrigados importantes museus.

O Teatro alla Scala Considerado um  dos mais conceituados teatros de ópera do mundo.

O Quadrilátero da moda considerado um bairro de renome da marca italiana, e a Vila Monte Napoleone, uma das mais luxuosas e importantes ruas comerciais do mundo.

Outros pontos turísticos importante de Milão são:

A Pinacoteca Ambrosiana, onde existe uma das mais completas coleções históricas do mundo, como por exemplo: Il La Canestra di frutta de Caravaggio, Musico de Leonardo, La Sacra Famiglia de Bernardino Luini, Il Fuoco eL’Acqua de Brueghel, Il Ritratto di dama de Giovanni Ambrogio De Predis,  Il Presepe de Barocci, La Madonna del padiglione de Botticelli, L’Adorazione dei magi de Tiziano.

E a Igreja Santa Maria Delle Grazie, onde se encontra a ultima ceia.

CLIQUE AQUI e confira tudo sobre a Cidade de VANCOUVER – CANADÁ!

=> Visite o site de passagens aéreas e confira as melhores ofertas

Milão | Melhores Dicas De Viagens e Turismo
5 (100%) 1 voto[s]

Adicione um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *