Tel Aviv Israel – Dicas De Viagem e Turismo

Quando for até Tel Aviv, além da arquitetura diferenciada, o que verá bastante é o chutzpah, uma expressão comum na cultura Judaica. Revelando seu estilo Mediterrâneo repleto de cultura do café, Tel Aviv tem muitos bares e pubs voltados aos jovens com menos de 30 anos.

=> Confira aqui os principais pontos turísticos do Canadá

=> Encontre ofertas de passagens aéreas para vários destinos


Veja Também:




O interesse na arquitetura, no entanto, é um pouco menor, pois a cidade foi fundada em 1909. Porém, se olharmos atentamente para a cidade, podemos perceber uma riqueza de prédios construídos em um estilo internacional inspirado pela escola alemã Bauhaus. Mesmo sem a grandiosidade de seu predecessor, ArtDeco, a cidade tem seu chame e estilos próprio.

Veja aqui o que você irá encontrar em Tel Aviv

Ao caminhar nas ruas, inicialmente, você não vai notar a arquitetura, mas quando começar a perceber, subitamente verá que ela está em todos os lugares. É como uma ilusão de ótica, uma arquitetura que realmente é a assinatura da cidade.

A beleza do estilo internacional não está na ornamentação e sim na concisão quase sem sentido. As linhas são limpas com muitos ângulos retos.

A decoração é mínima e consiste em apenas algumas varandas com bordas salientes feitas para projetarem sombras finas sob a rigorosa luz do sol do Mediterrâneo.

Os tons de branco são abundantes e concede à cidade a sensação como se alguém tivesse aumentado muito o efeito de brilho e contraste.

Não deixe de conhecer Rehov Bialik, uma rua residencial bem no centro da cidade. Caminhe um pouco por Sedreto Rothschild, uma avenida com um aspecto dos anos de 1930 e alguns prédios clássicos no estilo Bauhaus.

Caminhar pelas ruas entre Bialik e Rothschild revela mais exemplos desse gênero, como uma visita no distrito de Florentin.

A arquitetura da Tel Aviv é tão legal quanto seus cafés e revela a cidade per si como jovem e direto ao ponto. Pode não te impressionar à primeira vista, mas definitivamente vai fazer nascer em você um bom sentimento sobre essa cidade.

Aparências e precauções

Tel Aviv ainda é uma cidade segura para se visitar, porém é comum encontrarmos avisos em relação a atentados com bomba. Sendo assim, recomenda-se ter cuidado com pacotes suspeitos em locais públicos e com comportamentos suspeitos de pessoas a sua volta.

Tente não entrar em pânico, é o mesmo perigo de andar como turista em grandes metrópoles como Rio de Janeiro e Salvador. Na dúvida sobre o que fazer, procure a polícia local e faça uma denúncia; geralmente, os policiais são amigáveis e muitos deles conseguem falar e entender inglês não sendo um problema para o turista já preparado.

Como em qualquer grande cidade, existe também o risco de furtos. Fique atento, principalmente, no Mercado Hecarmel, no Mercado Nachlat Binyamin, nos terminais de ônibus novos e antigos, em toda Jaffa e na área do bazar.

A praia também é um local conhecido por furtos de bolsas e bicicletas. Mesmo com essas informações, as taxas de criminalidade são bem pequenas comparadas às de outras cidades de tamanho similar.

Entretanto, por mais que crimes nas ruas sejam raros em Tel Aviv, é aconselhável não andar em parques durante a noite, ou em alguns bairros na parte sul da cidade no mesmo horário.

Verificações constantes em Tel Aviv

Às vezes, as verificações de segurança são chatas, porém são necessárias nas entradas de shoppings, mercados, terminal central de ônibus e na maioria dos hotéis, cafés e restaurantes. Você é frequentemente abordado para que os policiais possam olhar dentro de sua bolsa.




Esse é um procedimento bem comum. Uma dica é não achar isso ofensivo. Essas verificações não duram mais de 20 segundos e sempre terminam bem. Agradecer um policial pela inspeção vai ajudar na próxima vez que ele te ver.

Devido à quantidade de pontos de checagem de segurança comercial, a presença de instalações militares, patrulhamento policial decente, policiais e civis portando armas de fogo em público são comuns no dia a dia e a maioria das pessoas nem notam. Os soldados e os voluntários precisam sempre carregar suas armas. É comum ver o que parece com um grupo de alunos de ensino médio vestido como outros alunos nos finais de semana, sempre carregando armas.

Andar de ônibus é a melhor forma de conhecer a cidade e é recomendado não pensar duas vezes antes de usá-los. Mesmo com a reputação de “alvos terroristas”, os ônibus são uma forma segura de viagem. Eles são seguros em todas as horas do dia, são bem frequentes, baratos e de fácil uso. Você pode se aproximar do motorista perguntando sobre a cidade que ele e outros passageiros ficarão felizes em ajudar.

Cuidados para os praianos

Quando for nadar no Mediterrâneo, vá para praias que tenham salva vidas. Os casos de afogamento são frequentes devido a algumas correntezas muito fortes.

Lembre-se que durante os meses de inverno, por mais que o tempo às vezes permita um banho no mar, o serviço de salva vidas não está ativo. O período oficial que eles trabalham começa em Abril e termina no final de Outubro.

Tel Aviv tem verões quentes, úmidos e longos, então não se esqueça de beber bastante água, mesmo que não esteja sentindo muita sede. A radiação UV próxima da praia é bem alta então é muito importante lembrar de usar um bom filtro solar.

Essas dicas são até bem comuns para brasileiros que frequentam ou frequentaram alguma vez o litoral, mas é sempre bom alertar.

 

Sempre válido

Por mais que o turismo não seja tão forte na cidade, se você está em Israel por algum motivo, não deixe de visitar Tel Aviv e conhecer suas ruas com arquiteturas tão marcantes e ver o contraste de uma cidade com a aparência tão jovem em um país tão antigo e tradicional.

CLIQUE AQUI e confira nossas dicas de viagem sobre a ITÁLIA!

=> Encontre passagens aéreas em ofertas para vários destinos

Boa viagem!

Tel Aviv Israel – Dicas De Viagem e Turismo
5 (100%) 1 voto


Adicione um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *